Avaliação do Usuário: / 9
PiorMelhor 

Qual a diferença entre Talabarte e Trava Quedas?

Ambos equipamentos são muito utilizados para segurança de trabalho em altura

 

diferenca-entre-talabarte-e-trava-quedas-compressor 

Talabartes e Trava Quedas são equipamentos muito divulgados e utilizados quando o assunto é segurança do trabalho em altura. Ambos garantem que o profissional não despenque em caso de queda, evitando a colisão com o solo e protegendo a vida do usuário. Os dois são considerados EPI, ou seja, equipamento de proteção individual.

Comparando o Talabarte e o Trava Quedas:

Para começar a identificar os pontos distintos, é fundamental saber o modelo de Trava Quedas. Existem modelos para corda/cabo de aço e ainda os travadores retráteis. Quando falamos do Trava Quedas para corda, a principal diferença entre ele e o Talabarte é a presença de Linha de Vida.

O Talabarte costuma ser utilizado quando não há a Linha de Vida, ou seja, corda ou cabo de aço que serve de garantia para a segurança do trabalhador. Quando a obra dispõe da Linha de Vida, o Trava Quedas é aplicado para aumentar a segurança.

A vantagem do Trava Quedas é impedir a queda com pouca diferença de espaço inicial. O Talabarte tem uma margem que acaba deixando o trabalhador cair mais metros. No primeiro caso, o travamento é imediato. No segundo, existe uma sobra.

Quando comparamos o Talabarte ao Trava Quedas Retrátil, também há diferenças expressivas. Assim como no exemplo anterior, o travamento ocorre de maneira mais rápida e em menos espaço. A queda livre é minimizada e o risco de tropeços em deslocamentos horizontais é eliminado, pois não existe a sobra da corda.

Sempre é necessário lembrar que o Trava Quedas é de uso individual, ou seja, não pode ser compartilhado entre dois ou mais profissionais. Tal ação compromete o funcionamento do EPI.

Para saber mais, consulte nossas páginas:

http://www.angare.com/trava-quedas

http://www.angare.com/talabarte

Qual a diferença entre Talabarte e Trava Quedas? - 4.8 out of 5 based on 9 votes



Copyright © Angare | Referência e tradição em EPI e Proteção em Altura 2011.